A Atleta

 

 

foto081

 

 

Foram nas águas do Rio Jucu, na pacata Praia do Barrão, em Vila Velha (ES), que a pequenina Neymara Carvalho, então com 13 anos, aprendeu a pegar onda, tomou seus primeiros caldos, se apaixonou pelo bodyboard e seguiu seu caminho em busca de um sonho: ser campeã mundial.

De lá pra cá Neymara cresceu, aprendeu e é dona de uma carreira vitoriosa e repleta de títulos. Logo no seu primeiro ano de campeonato brasileiro, em 93, ainda como amadora, subiu no lugar mais alto do pódio, conquistando o título de forma inquestionável: não perdeu uma etapa sequer.

Em 94 se profissionalizou e venceu seu primeiro campeonato carioca. Feito que viria se repetir em 96 e 98. Mas o “show” não ficou restrito às praias da Cidade Maravilhosa.  No Espírito Santo, sua terra natal, Neymara também fez bonito e tornou-se tricampeã capixaba, vencendo em 95, 96 e 97.

Mas foi em 95 que a atleta do Vasco começou aparecer no cenário mundial e criar fama internacional. Nos dois primeiros anos apenas um modesto quinto lugar na classificação final. Em 96, no entanto, ela conheceu o sabor da vitória ao conquistar a etapa de Pipeline, no Hawai.

Em 97, com mais experiência, Neymara Carvalho já era a terceira melhor bodyboarder do mundo. Mas era pouco. No ano seguinte ela foi ainda mais longe. O título escapou na última etapa. Neymara precisava de um segundo lugar e acabou ficando em quarto.

Em 99 a capixaba brilhou. Deixou suas maiores adversárias pra trás e conquistou seu primeiro título brasileiro como profissional. Das seis etapas disputadas Neymara venceu três.

O Mundial daquele ano foi decidido somente na última etapa. Neymara foi para o Hawai em igualdade de condições com Carla Costa. Quem chegasse na frente sairia com o título. Ela não teve sorte e seu sonho foi adiado. Em 2001, ficou perto mais uma vez, ficando com o vice-campeonato.

Em 2002, ela recebeu pela segunda vez consecutiva o prêmio de melhor bodyboarder do mundo, concedido pela revista australiana Riptide, uma das mais conceituadas no esporte.

Em 2003, Neymara finalmente pode comemorar e realizar o seu sonho. Não foi da maneira que esperava. A confirmação veio por um e-mail da IBA – International Bodyboarding Association. Como já havia conquistado o vice na etapa do Hawai e o título em Portugal, e as demais etapas foram canceladas, a capixaba, que teve a maior pontuação, sagrou-se campeã.

Em 2004, Neymara se firmou no cenário esportivo e conquistou o bimundial e o penta brasileiro.

Em 2005, Neymara conquistou o maior presente de sua vida: a maternidade. Ela e o surfista Daniel Hardman engravidaram e no final do ano nasceu a pequena Luna. Ainda assim Neymara competiu grávida e garantiu o seu sexto título brasileiro.

Para quem pensava que a carreira de sucesso da Pequena Notável tinha se encerrado uma surpresa: três meses depois do nascimento de sua filha Neymara já voltava a competir e a correr o Circuito Mundial com a filha como maior incentivadora. Resultado: em 2006 outro título brasileiro e o vice-campeonato mundial.

Em 2007 pode-se dizer que Neymara teve um aproveitamento de 100%. A capixaba conquistou absolutamente todas as competições de que participou. Foi bicampeã Pan-Americana,  bicampeã do Latino Americano, octacampeã brasileira e ainda tricampeã mundial, tendo levantado o troféu com uma etapa de antecedência.

Em 2008 para quem apostou que ela pararia por ai, uma surpresa. Depois de alguns resultados não tão bons no começo da temporada, a tricampeã mundial mostrou uma recuperação incrível, conseguiu resultados avassaladores e garantiu o tetracampeonato mundial na última etapa do Circuito disputada nas Ilhas Canárias. A briga com a jovem Jéssica Becker foi acirrada e o troféu só foi definido na última bateria, quando a “ sereia do mar” fez prevalecer toda a sua experiência garantindo um 9,5  com uma onda brilhante e o seu quarto título mundial.

E que venha 2009!!!

 

Títulos

 

Tetra Campeã Mundial
2003, 2004, 2007 e 2008

Bi Campeã Latino Americana
2005 e 2007

Campeã mundial do ISA GAMES-Africa do Sul
2002

Bi Campeã Pan Americana
1999 e 2007

Octa Campeã Brasileira Profissional
1999, 2000, 2001, 2003, 2005, 2006 e 2007

Campeã Brasileira Amador
1993 (Título Invicto)

Penta Campeã Capixaba
1995, 1997, 1998, 1999 e 2001

Penta Campeã Carioca
1994, 1996, 1998, 1999, 2000

Campeã Paulista
2002

7 responses

11 03 2009
Orlando Traspadini

FALAR + O Q

11 03 2009
Joeci Silva Heredia

o tempo é o senhor da razão e vc é a razão das ondas do mar !!!

19 03 2009
Mariana Farias

quando eu crescer quero se igual a ela ! haha (=

23 04 2009
Wagner

Vc merece

4 05 2009
Filipe Meneguelli

não tem mais o que falar, ela é de mais…

queria saber se ela tem algum blog onde post fotos com fans, pois tive oportunidade de tirar algumas fotos com Neymara na etapa do mundial feita aqui em Salvador…

espero resposta.

17 06 2009
neymara

Oi Filipe.
Meu site está prestes a entrar no ar.
Tenho orkut e face book.
beijos,
Neymara.

24 06 2009
Juliana Henriques (loja)

isso ai ney, arrebenta e é nóóix sempre:)
mt sucesso
beijão,
ju

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: